Regras de etiqueta para quem gosta de comida japonesa
27 de dezembro de 2018

Conheça os benefícios do sushi para sua saúde

O sushi é um prato de origem japonesa, mas que tem se tornado cada dia mais comum nos cardápios brasileiros. Apreciado em diversas regiões do país, o sushi é composto por arroz temperado enrolado em peixe cru, vegetais, frutas, ovos, algas ou demais frutos do mar. Por esse motivo, é considerado rico em nutrientes essenciais para nosso organismo. A iguaria já passou por diversas adaptações, recebendo alimentos típicos de diversas partes do mundo. Muitas vezes, os pratos parecem obras-primas, com cortes e fatias precisos e bonitos.
Mas você já parou pra pensar nos benefícios dessa iguaria?

Quais são os benefícios do sushi?

De maneira geral, o consumo regular de sushi pode auxiliar na redução da pressão arterial e dos níveis de colesterol. Ele também ajuda a retardar o processo de envelhecimento, e auxilia a saúde do sistema gastrointestinal.
Por ser rico em iodo, o sushi ajuda a equilibrar os hormônios da tireoide. Desta forma, seus componentes controlam tais hormônios, reduzindo atividades anormais. Sabe-se que o hipotireoidismo pode causar doenças cardíacas e obesidade, sendo assim, o sushi é um aliado na prevenção do mesmo.
Sushis são ricos em proteínas e carboidratos saudáveis, auxiliando no aumento do metabolismo e no emagrecimento. Por possuírem antioxidantes e ácidos graxos, combatem os radicais livres que causam o estresse oxidativo e aumentam as defesas do sistema imunológico. Além disso, são ricos em ferro e ajudam na prevenção da aterosclerose, evitando o acúmulo de gordura em veias e artérias. Sendo assim, o sushi traz benefícios para a circulação sanguínea.

E os ingredientes, quais são suas características?

Uma vez que o sushi pode ser preparado com diversos ingredientes, seus benefícios podem variar de acordo com a sua escolha. As algas utilizadas, por exemplo, são prensadas e secas, ricas em proteínas e carboidratos e pobres em fibras e gordura. O arroz é temperado com vinagre, açúcar, sal e glutamato monossódico, por isso não é recomendado ingerir em grandes quantidades.
Os peixes são ricos em proteínas e consumi-los crus permite a absorção de diversos minerais e gorduras benéficas. As hortaliças consumidas possuem diversos nutrientes. O pepino, por exemplo, tem ação diurética e é composto por 95% de água. O gengibre, por sua vez, é composto por óleos que possuem ação anti-inflamatória e antioxidante.
O wasabi é uma pasta feita de raiz-forte que, além de eliminar algumas bactérias dos peixes, facilita a digestão. O molho shoyu é feito de soja e rico em sódio. Seu consumo deve ser controlado para não exceder a recomendação diária do elemento.

Afinal, o sushi é um prato gorduroso?

Algumas pessoas acreditam que o os sushis sim, mas isso não é verdade. Quando preparado com atum, o sushi possui 45 calorias, enquanto o de salmão, apenas 39. Já o feito com peixes brancos tem 30 calorias e o de camarão, 35. No entanto, alguns molhos feitos de maionese ou rolos de tempura podem ser calóricos e gordurosos, ao contrário dos tradicionais.